Que planetas são estes?

Atualizado: 30 de Jul de 2020

Você já pensou em encontrar o “Planeta Perdido”? – como será que se chega lá?



O que ler? “Pequenas observações sobre a vida em outros planetas”, de Ricardo Silvestrin, é um livro de poemas de 2004. Você já pensou em encontrar o “Planeta Perdido”? – como será que se chega lá? E como será o “Planeta Ao Contrário”? O “Planeta Sim”? O “Planeta Poesia”? Neste livro, Silvestrin inventa planetas muito diferentes, que provocam a imaginação do leitor, levando-o também a descobrir diversos jogos com a sonoridade das palavras e com seus sentidos: “No Planeta Claro tem luz?/ - Claro!” O convite para adentar esta viagem, que inverte a ordem natural de muitas coisas da vida e que, por isso, surpreende o leitor, é feito também pelas divertidas ilustrações de Mariana Massarani: além de dar vida aos planetas e seus habitantes, Massarani insere no contexto dos poemas, o personagem astronauta: este percorre todas as páginas do livro interagindo com cada um dos planetas em que ele chega e observa! Daí o título do livro. Por que ler? Ler literatura é adentrar em mundos e vidas diversas, com as quais podemos descobrir novos caminhos, novas realidades, novas possibilidades de ser. E esta parece ser a proposta do livro de Silvestrin, quando nos apresenta seus planetas inventados. Ao tirar as coisas do lugar comum, como faz em “Planeta Gugus”, por exemplo, no qual “as pessoas nascem velhas e terminam bebês”, bagunça, no melhor dos sentidos, a percepção do leitor: Caramba! Como seria ser um habitante de “Gugus”? Como e quem eu seria neste planeta? Além das indagações permanentes a que o texto nos provoca, o autor, para dar vida a seus planetas, utiliza uma linguagem que explora o sabor e o sentido das palavras: “No Planeta Samba [...] A chuva batuca/o rio desfila/a nuvem dança”. “[...] sim, sim, sim./É um sim sem fim./Tem outra resposta no Planeta Sim?/Não.” À qualidade do texto verbal, soma-se o texto visual criado por Massarani: suas ilustrações podem ser compreendidas como texto, uma vez que nos dizem coisas e nos ajudam a encontrar sentidos para aquilo que estamos vendo/lendo. Vamos viajar?







6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo